Alimentação Enteral


A preocupação com o bom funcionamento do intestino em animais enfermos é um pouco recente,lembro-me bem que há dez anos atrás,víamos poucos trabalhos relacionados a alimentação enteral em animais.Hoje,no entanto,há inúmeros.Todos comprovam a importância de se reiniciar a alimentação o quanto mais cedo possível,prevenindo o colapso intestinal e a sepse por translocação bacteriana.Mas o que mais me espanta,é quando tenho a triste oportunidade de ver um gatinho anoréxico a dois,três dias,mantido somente na fluidoterapia(muitas vezes com soro-glicosado!!!) e
com uma panacéia de fármacos,sendo que a mais básica e sorridente alimentação é esquecida,e o pior,que isso ainda é bem comum.
Os felinos,em comparação com os cães,pagam muito mais caro por esses procedimentos equivocados,não suportam períodos de anorexia,e muito menos terapias somente parenterais,pois são carnívoros,estritamente carnívoros,por tanto, pedem proteínas como fonte de energia!
O primeiro link é de um artigo bem escrito pela Dra.Valenzuela,da Associação Chilena de Medicina Felina,abordando desde a importância da alimentaçao enteral precoce,a esses aspectos exclusivos da nutrição e metabolismo felino,até as formas de sondagem enteral utilizadas.O segundo link é de um livro médico humano,escrito por norte-americanos,denominado “Falência Intestinal”,que para mim é um livro ímpar,com informações absurdamente valiosas,onde conseguimos entender porquê o intestino é considerado o segundo cérebro.
Saudações e não esqueçam:”Se o intestino ainda funciona,não esperem,utilizem-o”.


http://www.4shared.com/file/90588476/4a97f0ed/alimentacion_enteral_achmefe.html


http://www.4shared.com/file/90589695/f6253fd2/Intestinal_Failure__Diagnosis_Management_and_Transplantation_.html

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *