Hipertireoidismo


O hipertireoidismo é o segundo distúrbio endócrino mais comum nos felinos,ficando abaixo somente da Diabetes Mellitus.Entretanto, em alguns países ela é considerada a doença hormonal mais frequente na clínica de felinos.
Mesmo assim,diagnosticamos ainda poucos casos,principalmente devido ao desconhecimento da doença e pela falta de atitude diagnóstica pela maioria dos clínicos-veterinários.
A enfermidade é comum em gatos idosos,a partir de 8 anos,sem distinção de raça ou sexo.Tipicamente o animal chega com o histórico de polifagia e perda de peso crônico.Pode haver diarréia ou vômitos.A hiperatividade é muito comum,geralmente são animais facilmente irritáveis,de difícil manipulação,às vezes agressivos.Outros sintomas são a má qualidade do pelame,desidratação,tremores e hipertermia.É muito comum uma taquicardia de 250 a 260 bpm.A tireóide é facilmente palpável,logo abaixo da laringe,podendo haver aumento dos dois lobos,porém,em alguns casos o tecido tireóideo desce para a região medistínica intra-torácica.
Toda a sintomatologia é devido a ação dos hormônios tireoideanos em todo organismo,levando a um “super-metabolismo”.
Os exames laboratoriais quase sempre estão alterados,eritrocitose é comum,devido ao estímulo do hormônio na eritropoese.Elevação da enzimas hepáticas,principalmente ALT e FA ,pode ser verificado,acredita-se ser devido a sobrecarga hepática.Na avaliação cardíaca é comum a hipertensão arterial,hipertrofia cardíaca e distúrbios de ritmo.Quase sempre a função renal também está comprometida,mas a insuficiência fica mascarada pelo o aumento do fluxo sanguíneo nos rins,devido ao hormônios tireoideanos,assim,valores de uréia e creatinina devem ser associados à urinálise e relação proteína/creatinina urinária.
O diagnóstico é relativamente simples. A dosagem da t4 total é muitas vezes suficiente para fechar,juntamente com a sintomatologia e a palpação da glândula.
O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico.A terapêutica mais comum é o tratamento com o tiamazol,um fármaco que age inibindo os hormônios tireoideos.A cirurgia também é uma boa alternativa,mas com efeitos colaterais perigosos se não for bem suscedida.A técnica cirúrgica mais utilizada atualmente é a extracapsular com reimplante da paratireóide,onde se faz em duas etapas, retirando-se um lobo de cada vez,com intervalo de 30 a 40 dias.
A radioterapia com o Iodo é tido como o tratamento ideal,mas com limitação na disponibilidade em nosso país.
Finalmente, é importante salientar que é comum a descompensação renal após o tratamento clínico ou cirúrgico,devendo-se prever o quadro de insuficiência antes da terapia.
4 respostas
  1. ingridil
    ingridil says:

    Olá
    Primeiro gostaria de parabeniza-lo pelo site
    que está cada vez melhor!
    Bom gostaria de fazer uma pergunta
    Minha gata Pretinha (tem 10 anos) sempre foi ativa e sempre teve otima saude exceto pela fragilidade hepatica.
    Bom minha outra gata pegou rinotraqueite e transmitiu p/ a pretinha e logo que começou os espirros mediquei com azitromicina 2 ml e no outro dia de manha ja foi começado com antibiotico especifico dado pelo veterinario (1,5 ml Sub cut. a cada 5 dias mas nao sei o nome do antibiotico) no mesmo dia a noite ela estava normal um pouquinho mais abatida mais nada muito importante, dei nutrifull VO e ela simplesmente passou a noite toda vomitando uma espuma branca por vezes meio amarelada. Logo de manha na 5°feira ele veio e deu uma injeção para cortar o vomito e realmente cortou mas ela ficou o dia todo apática, molinha, tristinha e não quis comer nada nem agua. Os sintoma da rino continuaram avançando como espirros frequentes e um pouco de tosse e nariz entupido.
    No mesmo dia a noite comeu um pouquinho de ração e nada de agua
    Na sexta de manhã comeu um pouquinho de ração e um pouquinho de recovery e ainda nada de agua.
    No sabado continuava espirrando, tristinha molinha e dava até impressão que estava com febre. Muito sonolenta e sem animo nem força pra andar comecei a dar peito de frango cru bem picadinho ela comeu 2 pedaços (do tamanho de uma colher de sopa) 3 vezes no dia.
    No domingo ela não levantou nem pra ir ao banheiro e comeu só 2 vezes de manhã e à noite continuou dormindo bastante e ainda nada de agua.
    Na segunda de manha (ontem) ela levantou fez xixi (amarelo) pediu frango e bebeu bastante agua, andou um pouquinho pela casa (meio desanimada) e voltou a dormir.Tomou mais uma dose do antibiotico o que diminuiu um pouco os espirros. A tarde ela comeu mais frango e comeu umas 2 col sobremesa de whiskas peru de lata e dormiu a noite toda.
    Hj comeu um pouco de ração bebeu um pouco de agua e continua espirrando um pouquinho. Ainda não quis levantar (talvez pelo frio q faz aki em sorocaba) continua desanimada e não quer conversar. (ela geralmente ''conversa'' bastante de manhã.
    Agora te pergunto os sintomas pode ser da rino? efeito do antibiotico ou o nutrifull pode ter mexido muito com o figado dela????
    Please socorra me
    o q me aconselha fazer?

    ingridlookis@yahoo.com.br

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *