Poliartrite por Mycoplasma gateae

Micoplasmas são habitantes normais do organismo felino,geralmente são encontrados na conjuntiva,trato respiratório superior e urogenital de animais sadios.Entretanto ,podem causar enfermidades perigosas quando instalados no trato respiratório inferior(pneumonias,piotórax) e na própria conjuntiva ocular(conjuntivite e ceratite).Casos de poliartrites são mais raros em felinos,sendo amplamente documentados em bovinos,ovinos e suínos.Porém,nos chamou à atenção dois casos atendidos recentemente,o que nos indica que não é tão incomum como parece.
As poliartrites são classificadas em erosivas ou não-erosivas, de acordo com as alterações articulares,visíveis principalmente por radiografias;e imunomediadas(lupus,artrite reumatóide) ou infecciosas,que podem ser viral(calicivírus) ou bacterianas.
A sintomatologia pode iniciar-se com um quadro respiratório(secreção pulmonar,dispnéia) ou dermatológico(abcessos e lesões pruriginosas),comumente ocorre em filhotes de até 10 meses,apresentando anorexia,hipertermia e dificuldade de locomoção,com dores e edemas nas áreas articulares,principalmente carpos e jarretes,e um aumento dos linfonodos correspondentes.A secreção sinovial geralmente fica espessa e purulenta,podendo fistular.Icterícia,anemia regenerativa,bilirrubinúria e proteinúria são comuns no decorrer do quadro,devido à capacidade do Micoplasma de acionar uma resposta auto-imune,ocasionando uma hemólise intra e extra-vascular,e deposição de complexos antígeno-anticorpos nos rins,causando uma glomerulonefrite aguda.
O diagnóstico é principalmente por isolamento do agente,através da cultura do líquido sinovial, em anaerobiose, ou PCR da secreção.Pode-se realizar um exame histológico da membrana sinovial para descartar outra doença inflamatória,como a artrite reumatóide.
A droga de escolha para o tratamento é a enrofloxacina,na dose convencional,por pelo menos 20 dias.O problema é que mesmo com a medicação o prognóstico é ruim,devido às complicações renais e hematológicas relatadas.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *